sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Plano B, de Pete Wilson: Quando nada sai como o planejado por você


Autor: Pete Wilson
Editora: Thomas Nelson Brasil
Páginas: 367
Ano: 2009
Nota: 5/5  (Ótimo - Preferido


Todo mundo vai passar por algum momento de Plano B na vida, pode ser uma perda muito grande de algo que você tinha e amava ter, pode ser um sonho não realizado que lhe dê grande frustração, pode ser uma doença, pode ser a morte de alguém muito importante ou pode ser simplesmente a inércia quando você tinha certeza que sua vida deveria estar andando para algum lado. E é disso que Pete Wilson fala em Plano B, a resposta de Deus quando tudo parece dar errado. Pete aborda a questão de quando tudo o que vemos é um plano A, e de repente aquele plano A já não é mais uma opção. Como reagir?

Fiquei com medo desse livro ser muito antropocêntrico, com a visão totalmente focada em um autoajuda motivacional e que o autor acabasse se esquecendo de falar mais de Cristo do que das pessoas.  Não poderia estar mais enganada e logo nas primeiras páginas fui provada do contrário. O autor mostra justamente a exaltação de Deus, e como tudo - TUDO - em nossa vida acontece pelo controle Dele, por mais ruim e inexplicável que seja. E como devemos engrandecê-lo por isso, mesmo que aquilo seja um momento de sofrimento, mesmo que a gente não faça a menor ideia de porque estamos passando por aquilo. Ter a ciência de que Deus faz o melhor por nós, e que o melhor por nós não é aquilo que mais queremos, mas sim aquilo que mais nos torna parecidos com o nosso Salvador Jesus Cristo.

Tenho a impressão de que cada  vez mais cristãos que conheço abandonaram a fé porque simplesmente não conseguiam ver a obra transformadora que Deus estava fazendo em meio às suas tragédias. O sofrimento, a confusão e as dúvidas acabaram destruindo a oportunidade de crescimento que existia. (Página 302)

O livro é dividido em 13 capítulos com temas muito bem definidos e organizados. Em cada capítulo o autor faz um paralelo entre um caso de algum conhecido dele que passou por um grande Plano B com um personagem da Bíblia. Ele, no entanto, não nos mostra somente as dificuldades, mas também não nos dá a grande solução. Ele nos faz enxergar a esperança: Cristo.  O meu capitulo preferido foi o "Eu Também", onde ele aborda a importância de uma comunidade cristã verdadeira, autêntica, para ajudarmos uns aos outros nos momentos de dificuldade e como é importante ouvirmos um "eu também já passei por isso, e deu tudo certo".       


Pete usa muito da Bíblia e dos exemplos que lá temos - como o de Davi, o de Moisés, Josué, Noemi e outros -  para poder nos mostrar como devemos lidar com os planos B de nossas vidas, com aqueles momentos em que temos certeza que temos tudo sobre o controle e então algo terrível acontece e nada mais está em nossas mãos. A Bíblia, realmente, é uma fonte rica de exemplos que servem justamente para nos dá a esperança, afinal quando alguém passou por algo semelhante ou vivem uma angustia, dor tão intensa quanto a nossa, mais temos forças para conseguir vencer nosso momento dificil.

Esses sentimentos de falta de esperança e impotência geralmente dizem muito mais sobre nós do que sobre Deus. (Página 257)

O livro tem uma leitura fluida, com o capítulos divididos em tópicos e excelentes recortes. Isso é uma coisa importante, pois o autor simplesmente não abre discussões e as deixam em aberto, ele conclui seus raciocínios de maneira sábia e sucinta. Além disso, o fato de haver muitas histórias, dos mais diversos tipos de plano B, nos traz um conforto ao coração. Ver como as pessoas puderam confiar em Cristo e na suficiência Dele é reconfortante. E nos enche de coragem para fazermos o mesmo.

Talvez Deus quisesse que você aprendesse alguma coisa por meio desse processo seletivo. Talvez você tenha achado que entendeu errado a vontade de Deus porque seu foco está no resultado final em vez de no processo.

Esse livro me ensinou muitas coisas e teve um grande valor para mim, mesmo que eu o tenha lido em um momento comum na minha vida, onde não estava passando por grandes dificuldades. E uma das mais valiosas lições que aprendi é que Deus se importa muito mais com o caminho que estamos percorrendo do que com o objetivo que queremos atingir. É o caminho que nos muda, que nos molda, nos transforma. Ele se importa muito mais com a pessoa que você está se tornando do que com aquilo que você quer conquistar.

Recomendo muito o livro! Não somente para quem está passando por um plano B, mas para quem já passou e quem sabe que um dia vai passar, afinal "tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" João 16:3. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário