Resenha: Ladrões de Elite, de Ally Carter
Quando comprei Ladrões de Elite, da Ally Carter, comprei por dois motivos: o título era extremamente interessante que combinava com uma sinopse que prometia uma história empolgante, e o livro estava por míseros 5 reais em um sebo. Eu lembrava vagamente da autora, e então levei a obra para casa. Depois de uns cinco meses na estante eu tomei coragem e comecei a história e confesso, a sinopse me fez criar expectativas bem altas.

Autora: Ally Carter
Editora: Arqueiro
Páginas: 240
Ano: 2011
Nota: 3/5

A família de Kat - e isso inclui seus amigos também - tem uma profissão um tanto diferente: eles são ladrões de elite. Joias da realeza, quadros nos mais importantes museus, patrimônios históricos somem facilmente quando a família de Kat está em cena. Porém, agora com seus 15 anos ela resolve levar uma vida normal e sair dos negócios da família, buscando estudar em uma escola para pessoas normais e fingir ser uma adolescente comum. 

Entretanto, os planos de Kat não vão muito adiante. Quando um mistério entra no caminho e cinco quadros do poderoso Arturo Taccone somem de seu esconderijo secreto e praticamente impossível de ser roubado as suspeitas caem sobre o pai de Kat, que jura que não roubou nada. Para livrar a pele do pai, ela e Hale, seu melhor amigo, começam a buscar pistas - praticamente inexistentes - de quem roubou os cinco quadros - e pior: como roubá-los de volta.

Confesso que eu estava com boas expectativas, a capa me atraiu, o nome dava a ideia de uma história bem preparada e interessante e a Ally Carter é sempre muito elogiada - inclusive por esse livro. Porém, acabei me decepcionando feio. 

Resenha: Ladrões de Elite, de Ally Carter

A narrativa da Ally Carter é em terceira pessoa, o que não permite uma maior aproximação da personagem Kat - ou qualquer outro -, mesmo que haja diversas vezes narrativas de pensamentos e sentimentos de Kat, não consegui me sentir ligada a nenhum personagem e isso não me despertou aquelas emoções de torcer, vibrar e ficar tensa. Me senti impessoal na leitura.

Kat é uma garota legal, mas não conseguimos conhecer muito dela por conta da narrativa em terceira pessoa. O mesmo vale para Hale, seu amigo que está ajudando nesse novo "projeto". Então pensei que a história iria se focar nos acontecimentos. Porém, não é bem assim. Ladrões de Elite é bem desenvolvido e tem um "projeto", já que é dividido em dias até o prazo final que a Kat tem que cumprir para entregar os quadros a Taccone.

Mas ainda assim, parece que o tempo todo a autora quer chamar a atenção para algo. Ela começa a colocar sentimentos entre Kate e Hale, mas nada é desenvolvido e acaba sendo algo desnecessário. Isso tira o foco da história em si, do desenvolvimento e da corrida contra o tempo que eles estão enfrentando. Além disso, muitas cenas não muito confusas e eu não entendia direito o que eles faziam e isso me deixava irritada pois não conseguia visualizar bem na mente as cenas.

Outro erro muitas vezes é ao longo da narrativa o acréscimo de alguns pensamentos e devaneios, algumas reflexões feita pelos personagens que acabam sendo um tanto sem sentido e sem proposito, às vezes pareceu até que a autora queria encher o livro com alguma coisa para não ficar muito vazio.

Resenha: Ladrões de Elite, de Ally Carter

A Ally Carter opta por estereótipos em Ladrões de Elite, sendo Kat aquela menina que se acha meio sem graça, Hale é o garoto lindo e fofo, super amigo para todas as horas e há também aquela menina popular, que se veste sensual e Kat, obviamente, não gosta: sua prima. Isso também me fez desgostar da história. Não me leve a mal, pois às vezes adoro um clichê, mas com todo esse conjunto de coisas negativas, com certeza personagens diferentes do padrão comum seria um ponto muito extra para o livro.

Acho que para um livro de Ladrões de Elite adolescentes, faltaram caracteristicas mais marcantes neles, algo que fugisse aos adolescentes comuns, mas ao mesmo tempo fizesse o leitor se identificar. Afinal, eles são quase adultos que fazem roubos impressionantes. O que eles tem demais que o fazem ser tão bons? Apenas a genética não deveria ser suficiente. Eles são divertidos e legais, mas tão comuns e sem nada de especial - além da imensa capacidade de fazer roubos - que acabou me entediando um pouco.

A narrativa da autora é excelente, ela intercala bem momentos de narração com diálogos, tem cenas que dá aquela aflição e outras que nos fazem soltar um risinho, mas no geral deixa muito a desejar no foco da história, com esse romance que entra no meio apenas para tirar a atenção, na elaboração dos personagens, que não me pareceram bem desenvolvimentos e bem senso comum, e na falta de ligação do leitor para com os personagens. A história tinha muito potencial, mas não me convenceu muito pouco. 

34 Comentários

  1. Quando eu vi o título vim conferi a sinopse para saber se era parecido com a Bling Ring - A gang de Hollywood, mas pelo isto não tem nada a ver. Apesar dos pontos negativos me deu vontade de ler. Já vi outros posts aqui no blog sempre citando sebos. Também adoro, mas raramente consigo livros assim tão baratinhos. Também não sei se estou dando a devida atenção a eles. To precisando dar uma volta por ai hahahaha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li Bling Ring, nem tive muita vontade na verdade. Ah, se te interessou vale a pena ler, nem que seja só para ter sua própria conclusão. Eu amo sebos demaaaais, já até fiz post no blog só sobre eles. Você é do Rio? Porque em breve vou fazer um post citando alguns sebos onde compro e tem esses precinhos maravilhosos ♥

      Excluir
  2. Quando comecei a ler sobre a história acho que caí no mesmo mal que você hahah, a ideia realmente parece ser boa, é uma pena que não tenha sido bem aproveitada e que o livro deixe a desejar. Uma coisa que eu achei meio estranho da sinopse é a questão de ela ter 15 anos e ter que ser ela a salvar seu pai enquanto a família inteira é feita de ladrões. Acho que os autores fazem isso para que o público se identifique mais, mas não deixa de soar meio bobo isso tudo cair para uma adolescente :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geralmente esses enredos com adolescente como salvadores da pátria - ou familia- também me causa má impressão, mas pelo que me lembro no livro a mãe dela já tinha morrido, aí a prima dela também uma adolescente e elas tem um tio ladrão que acaba não querendo ajudar e eles resolvem fazer escondido, sabe? Mas é bem louco pensar nisso mesmo hahaha. Se ela pelo menos tivesse uns 17 para 18 anos, né?

      Excluir
  3. A não acredito! Eu ouvi falar tanto desse livro na época em que foi lançado. Fiquei curiosa agora para ver se a narrativa perde o foco mesmo.

    Até mais!
    Karolini Barbara
    womenrocker.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karolini, se te dá vontade, vale a pena ler hehe. Às vezes foi só comigo mesmo que senti isso :) Beijos!

      Excluir
  4. Eu tenho um pouco de receio de ler livros escritos na terceira pessoa, a não ser que sejam clássicos. Realmente o nome e capa são bem chamativas, quem nunca comprou um livro por expectativa, não é mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POis é, eu também tenho um pouco disso, acho que é necessário muito domínio para conseguir fazer esse tipo de narrativa. E verdade, acontece :(

      Excluir
  5. Nossa! Paraaaaaaaaaaaaaaa! Achei incrível!
    E acredite, nunca tinha ouvido falar desse livro, e eu adoro ler!
    Preciso me atualizar mais...
    Gostei bastante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahha, sério? Ah, mas relaxa que esse livro não foi TÃO divulgado assim hehe. Beijos!

      Excluir
  6. Primeiramente, comprar um livro bom por 5 reais é ganhar o dia né? Adoro este livro, já li ele há um tempo, quando comprei não estava 5 mas pela capa me chamou a atenção e eu comprei. Dei muitos risinhos mas as aflições foram maiores, a escrita da autora prende e passa muito sentimento. Ótima dica de livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, hahaha. Nossa, sério? Cada vez to me achando mais alien por não ter curtido tanto a leitura hahah. Mas fico feliz que você tenha gostado do livro rs ☺

      Excluir
  7. Olá, tudo bem? Poxa vida, é muito chato quando criamos expectativas com a história e nos decepcionamos. Mas para ser sincera eu nunca consegui criar simpatia por esse livro, mesmo nunca lendo, ele nunca me atraiu. Espero que as próximas leituras sejam melhores. Adorei a resenha, a sua escrita é otima!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Suzane, é bem chato memso, rs. Ah, obrigada ♥ Espero que as próximas resenhas você se sinta interessada pelos livros heheh. E muito obrigada, fico muito feliz que tenha gostado da resenha :D Beijos!

      Excluir
  8. Antes de falar sobre a sua resenha, queria te abraçar porque achei outra pessoa que compra livros em sebo, amo! \o
    Bom, a respeito da resenha, ao ler a sinopse colocada por você, achei bem interessante, o enredo tinha muito potencial mesmo, uma pena que a autora não soube desenvolver. As vezes é melhor optar pela narrativa em 1a pessoa (embore goste das duas).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahha, Sebos são vida ♥ Sim sim, também acho que às vezes é melhor a narrativa assim, fica mais pessoal. Beijos!

      Excluir
  9. Por vezes acontece isso , lemos a sinopse e depois ao ler o livro ficamos desapontadas , este não é muito o meu tipo de literatura favorita , gosto mais de mistério , fantasia e sobrenatural ! Mas gostei muito do seu post , parabéns pelo seu trabalho , muito sucesso para você ! Beijo .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Carla! ♥ Eu também curto livros desses generos, embora não seja de fato o meu gosto literário, espero ter a oportunidade de trazer livros que chamem mais sua atenção também ♥

      Excluir
  10. Se tem uma coisa que eu gosto é de resenha verdadeira e a sua me passou muita verdade, é a primeira que eu leio e sei que vou acreditar nas outras que eu vier a ler e acreditar quando você disser que um livro é bom. Eu estava interessada em ler esse livro, mas não vou me arriscar já que é tudo meio feito de qualquer forma. A premissa é muito interessante então fica fácil se decepcionar, mas vejamos pelo lado bom, você gastou só 5 reais nele rs.

    Beijos e Sucesso!

    ResponderExcluir
  11. Pra começar, adorei a capa e a página que você mostrou. Ainda não conhecia o título, mas fiquei super curiosa para ler depois da sua resenha cheia de detalhes legais. Vou adicionar na minha wishlist literária com certeza!

    ResponderExcluir
  12. Nossa faz tempo que estou de olho nesse livro, mas tinha medo de me decepcionar e perder meu tempo, e pelo jeito não fiz mal... Adorei sua resenha super verdadeira e colocando sua opinião de verdade.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi! Eu nunca li alguma obra da Ally Carter, e ela me pareceu uma escritora com ideias um pouco vagas. A ideia de grandes roubos, é legal, é realmente uma pena não ter sido bem desenvolvida. E eu gostei muito do seu post, a fomra como colocou suas ideias me prendeu ♥ Bjinhos

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia o livro, mas pela sua resenha deu para perceber que o livro tinha tudo para ser melhor, mas alguns detalhes acabou deixando a desejar, eu não sou fã de livro nessa pegada, gosto mesmo de fantasia <3, ficção, terror, horror, piro em livros nessas temáticas. Mas mesmo assim é uma pena que a história não foi tão desenvolvida, o livro poderia ser ótimo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Nossa, não conhecia nem o livro nem a autora. Gostei da resenha, bem sincera.
    Mas não sei, não acho que narrativas em terceira pessoa sejam ruins ou que este seja o problema. Sou uma geração Harry Potter e Harry é na terceira pessoa e acho todos os livros incríveis.
    Talvez a autora não soube mesmo criar um personagem mais completo que nos intrigue. ODEIO qdo os personagens de um livro são aqueles personagem Malhação sabe? A novela da Globo mesmo rs Onde tem o bonzinho e a vião e a menina bonita/feia bla bla bla. rs

    Mas adorei sua sinceridade!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Eu ouvi falar muito bem dessa obra, mas confesso que ela nunca me atraiu.
    Eu tenho um grave problema com livros com que eu crio expectativa hahaha geralmente me decepciono! Pena que foi assim com você também. Não gosto quando percebo que o autor tá apenas "enchendo linguiça" e no fim nada faz sentido.
    Ainda bem que foi apenas R$5, né?

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  17. Bom, a narração em terceira pessoa realmente afasta bastante o leitor da leitura, e me incomoda bastante. Mas o livro em si, me atraiu bastante pela sua resenha! Eu me aventuraria a ler, haha! Bjos, Blog Marinspira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que legal, Mari! Espero que você tenha a oportunidade de ler e goste mais do que eu gostei hehehe. Beijos!

      Excluir
  18. Olá Alexia, acho que a autora deveria ter feito como você comentou personagens mais marcantes e assim fugiriam um pouco do clichê =/ Enfim, pela sua resenha não parece ser um livro que eu vá gostar de ler então vou deixar passar a dica.

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Alexia,
    A capa e o título chamaram a minha atenção, mas a sua resenha tirou minha curiosidade para com a história. Parabéns pela resenha bem escrita e sincera. Obrigado.
    Beijos,
    André, do Garotos Perdidos
    Tem sorteio de 2 livros rolando lá no blog. Não deixe de participar :}

    ResponderExcluir
  20. Eu ainda não li esse livro da autora, mas conheço a escrita dela e é simplesmente maravilhosa. Gosto muito da forma que ela constrói e trabalha seus personagens.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Gostei da resenha e o livro até que me interessou. Por dentro ele é bem bonitinho e gosto desse tipo de dinamismo na diagramação de um livro. Mas a capa.. =/
    Enfim, anotei a indicação.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  22. Oie
    eu ouvi falar do livro algumas vezes e apesar de odiar essa capa parece ser uma leitura interessante para dar uma variada nos meus gostoso literários, gostei do enredo e da resenha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Olá Aléxia, tudo bem?

    Me lembro do lançamento do livro logo no início da parceria (ou eu podia solicitá-lo, não me recordo direito), mas logo de cara ele acabou não me chamando atenção, principalmente pela capa. Sério. Tenho um pequeno problema com isso. O visual acaba me atraindo mil vezes mais do que o conteúdo e sempre acabo perdendo ótimas histórias por causa disso. Mas tudo bem, no problem, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Eu sempre tive curiosidade pra ler esse livro, mas depois de ler sua resenha e saber como a trama se desenrola, acho que vou deixar ele de lado, achei a história um pouco clichê. Uma pena que a leitura não tenha sido lá essas coisas.

    Bjs!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curso de MakeUp com a Boca Rosa