Sabe aquele momento quando não há mais forças dentro de você e então percebe que não adianta correr atrás nem nadar contra a correnteza e simplesmente você tem que deixar que as coisas sigam o fluxo, sendo ele o natural ou não? Pois é. Às vezes, simplesmente não vale a pena.

As risadas foram substituídas pelo silêncio. Assim como as tardes em que dividíamos o fone de ouvido e cantávamos em nossa própria língua alguma música internacional. O choro no banheiro e as mensagens repletas de insegurança e medo no meio da madrugada. Os olhares que poderiam revelar mais histórias do que qualquer livro que você encontre na biblioteca. Todas essas pequenas coisas que vão compondo uma grande amizade, como as fios que compõe um tapete sendo tecidas uma ao lado da outra, foram se desfazendo, se soltando. Até que, tudo que sobrou, foram memorias soltas e avulsas em uma mente que achava que dessa vez, alguém realmente iria ficar.

Existem amizades que são melhores do que certos amores. E existem aquelas amizades que não há nada igual. Pois é, às vezes é uma grande ilusão acreditar que, ao encontrar aquela pessoa com tantos gostos em comum e uma maneira de pensar tão parecida com a sua que vocês poderiam jurar serem gêmeas de personalidade, será a pessoa com quem você pode contar para ligar às três da manhã quando estiver sofrendo de coração partido ou que irá te ajudar quando qualquer problema familiar e financeiro surgir, nem que seja apenas para estar disposta a te ouvir em qualquer momento e lugar. Mas, hoje, hoje eu sei com toda certeza e com todas as letras, essa amizade é rara. De uma em milhão.

Então foi ilusão. Mais ilusão do que o amor platônico de um ônibus. É ilusão achar que certas amizades duram para sempre. Que nada vai abala-las, nem a correria do dia a dia, a distância, os problemas, um novo relacionamento e novas amizades. Tem certas coisas que parecem ter sido feitas com um prazo de validade, por mais que achemos que não devem ser assim. Outras, são eternas. Algumas, acabam antes que possamos piscar os olhos. E a sua amizade foi assim. Frágil, ínfima e fugaz. Os momentos de choro, risadas, conselhos e medos foram substituídos por uma nuvem escura do esquecimento, que aos poucos vai engolindo também o desejo de não desistir junto com a falta que sinto de algo que não foi feito para durar.

39 Comentários

  1. Belo texto, bem reflexivo, e incrível sempre gosto dos seus textos reflexivos, e uma delicia isso sim, continue assim, está ótimo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Teus textos sempre são os melhores :*

    http://a-cacheada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Esse texto relata um momento da minha vida.Concordo, é uma ilusão pensar que vai durar e é uma ilusão confiar cegamente em alguém. As pessoas mudam, te trocam por outras, descobrem novos interesses, e de repente você não se encaixa mais ali. Seu espaço de sempre já foi preenchido e não tem nada que se possa fazer.
    Belo texto!

    Abraços, Lara.
    http://www.imperio-imaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, isso é a mais pura verdade, Lara. E acontece muito :( O que nos resta é aceitar, né? O bom é que sempre encontramos algumas pessoas, raras, mas que existem, que resolvem ficar. E claro, temos sempre Deus como melhor amigo ♥ Obrigada, beijocas.

      Excluir
  4. Acho que todos nós, senão a maioria, já passamos por isso. Sempre tem alguma amizade que
    não se torna o que imaginávamos ou que nos decepciona. Pessoas nós surpreendem.Tem algumas coisas que temos que aprender apenas a esquecer.
    Adorei o texto. bjoo, Bia do Julieta ao Contrário >http://julietaaocontrarioo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste, mas é a mais pura verdade. Obrigada, fico feliz que tenha lido e gostado ♥♥♥

      Excluir
  5. Ótimo texto, parabéns =D
    http://www.conversadecloset.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Sabe que me identifiquei nesse texto?

    Por muito tempo da minha vida eu corri atrás de amizades verdadeiras e tals, e no final a tal amizade nunca dava certo, e eu sempre me entregava por inteiro a essa amizade.

    Com o tempo Jesus se apresentou a mim, e me fez perceber que eu poderia confiar a ELE todas as coisas, e me entregar..

    Depois disso confesso que a minha decepção com amizades diminuiu muuuito.

    Beeijos
    http://heeythais.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamenteeeee, Thaís. Essa certeza é o que mais nos deixa em segurança, não é mesmo? Às vezes até dói, mas com Cristo sabemos que nunca estamos só. Ele supre todas nossas necessidades e não nos deixa em carência de nada! Beijos!

      Excluir
  7. Olá, adorei o texto. Parabéns!!!

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  8. Perfeito, às vezes, realmente, não vale ficar lutando contra a correnteza, é como dar murros em ponta de faca afiada. Acho que amizade é como um casamento ou namoro, alguns duram, outros não, e assim vai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, hoje, é bem assim. É muito mais fácil desistir e seguir em frente em certos casos. Beijos!

      Excluir
  9. Oie
    nossa, esse texto era tudo que eu precisava, realmente as vezes a ilusão é grande principalmente quando imaginamos que uma pessoa é alguém que nao é no fim, nossa, adorei

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz que tenha gostado e, sim, realmente é uma grande ilusão :( Beijos!

      Excluir
  10. Seu texto é muito tocante e profundo, meus parabéns pela produção! Acho que ele é pertinente pra diversos momentos da vida. Pelo menos no meu caso se aplicou a várias situações rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Fico feliz! E sim, também já aconteceu algumas vezes comigo e temo que irão acontecer tantas outras, infelizmente.

      Excluir
  11. Me identifiquei com esse texto! T.T
    Adoro seus textos, são sempre muito profundos! Parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Olá! Esse texto reflete justamente o que estou vivendo atualmente, perdi uma amizade de 7 anos, por causa de um garoto, e sabe, cansei de correr atrás e vou deixar ela com ele e seguir minha vida, ela fez a escolha a dela e eu fiz a minha!!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond |
    Fan Page

    ResponderExcluir
  13. Oi Alexia,
    Me senti tão representada no teu texto.
    Já quebrei muito a cara com amizade, me iludi pensando que a reciproca era verdadeira e enquanto eu fazia tudo pelas pessoas, elas não faziam nem o minimo que podiam por mim. Tá bom sei que amor e amizade é algo que a gente dá sem pensar em receber nada em troca, mas acredito que qualquer um quando dê um pedaço assim de si, espera pelo menos receber consideração e eu nunca tive essa sorte. Por isso atualmente tenho me isolado bastante.
    Simplesmente amei o teu texto você escreveu com alma ^_^ Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oii!

    Nossa! Que texto!
    Eu me identifiquei muito com esse texto. As vezes nos enganamos com as nossas amizades e não adianta correr atrás. Se aconteceu é porque era pra acontecer e temos que seguir em frente.
    Parabéns!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Muito lindo este texto!!! Esta semana briguei com as minhas amigas, então este texto fez bastante sentido para mim. Óbvio que já voltamos a nos falar, mas do mesmo jeito, não é mais a mesma coisa.
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  16. Concordo plenamente com o seu texto, amizade verdadeira é algo raro e em extinção, eu sou do tipo amigo, mas sempre as pessoas que se diziam amigos iam embora e me esqueciam, depois de um tempo sendo o trouxa da amizade, aquele que sempre escutava, dava conselho e que corria atrás, agora isso é raro eu fazer, me dá gelo, terá gelo. É só serei amigo de verdade, quem me for amigo de verdade!

    Abraços & até!!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Alguns dias atrás eu escrevi um texto no meu blog sobre amizade e senti que tirei um peso das costas.
    Adorei sua forma de se expressar, sua clareza e suas palavras que eu me identifiquei muito
    Beijos

    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Que texto mais bonito! Adoro a forma como escreve. Repleto de sentimento e reflexão, mas de forma bem clara e sem floreios.
    beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Que texto mais lindo, as lágrimas deram sinal de vida aqui, haha!
    Tenho grandes amizades e espero que nunca cheguem a ponto de acabarem. Mas como você disse, amizade verdadeira está em extinção, então vou fazer o máximo para as minhas não entrarem neste processo.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?
    Adorei seu texto! Acho que veio bem na hora, caiu como uma luva pra mim! Você escreve bem, parabéns!
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  21. Oii,
    Adorei o texto, to até pensando em mandar para algumas pessoas euheu.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Muito bom esse texto, me faz pensar em todos que seguiram o fluxo na minha vida também e hoje é um dia em que alguém da minha família partiu e seguiu para o Céu, alguém que eu não vi há muito tempo mais sempre teve seu lugar no meu coração e sempre terá. Nada nesse mundo preenche um espaço vazio por alguém que marcou presença no meu coração. Seu texto me tocou especialmente hoje.Boas leituras!

    ResponderExcluir
  23. Nossa, me identifiquei com o texto! E ainda revivi algumas perdas de amizade, principalmente quando o colegial terminou e entrei na faculdade, onde é difícil encontrar amizades com a mesma intensidade das da adolescência.
    E ah, você escreve super, parabéns! :)

    www.isa-tip.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oie, tudo bem? Muito triste o texto, mas acredito que seja algo "normal" e que aconteça com frequência na vida das pessoas, na minha mesmo é um entra e sai enorme de gente o tempo todo. Procuro não me preocupar demais. O texto ficou maravilhoso.

    ResponderExcluir
  25. Olá, dói quando uma amizade parece perfeita e a gente descobre que ela não era tão perfeita e duradoura assim, né? Esse é um tema complicado para mim. Muito bom o seu texto!

    ResponderExcluir
  26. Olá,
    Apesar da reflexão tenho que te dizer que achei bem triste, acho perda de amigos um tema mais triste do que a perda de um amor. Ótimo texto.
    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  27. Prezada Alexia gostei muito de seu texto e ele abordou um pouco nevrálgico em minha vida:amizades. Sou uma pessoa de pouquíssimas amizades. Tive inúmeras decepções com "amigos" e isso foi criando uma redoma de proteção que eu não me arrependo. Não me tornei frio, contudo fiquei mais prudente e cauteloso quando conheço uma pessoa. Minha abertura de espaço na amizade depende do mesmo espaço que ela me permite ocupar no nosso relacionamento. Parabéns pelo texto.
    Robert Thomaz

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curso de MakeUp com a Boca Rosa